© 2019 - autoplayerz - Todos os direitos reservados

  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Flickr Icon
  • Grey Twitter Icon

FCB Interlagos 2013

January 8, 2013

Como já tradição ha muito tempo, o Fusca Clube do Brasil reúne seus associados uma vez por ano para um encontro no autódromo de Interlagos, São Paulo.



Houve um tempo em que o espaço era cedido gratuitamente à entidade e então outros clubes dedicados ao besouro eram convidados pelo FCB. Em 2006 tive o prazer de ser convidado com um ex-Fusca turbo que tive e pude desfrutar de um passeio de 3 voltas pelo templo sagrado do automobilismo.



Mas essa coisa de convite acabou massificando o evento, trazendo gente que "surgiu não sei de onde" e que promovia muita baderna. Hoje em dia, até para privilegiar quem passa o ano todo participando e contribuindo com o clube, o evento é restrito a associados do FCB. E acreditem é bem melhor assim.

A organização estava em alto nível assim como os carros (de fazer bonito em qualquer evento do mundo).



E como são os carros que fazem um evento gostaríamos de destacar 3 deles:

O primeiro é um maravilhoso Split Window verde com interior bege e teto solar de lona combinando com o interior. A carroceria conserva todos os detalhes originais, porém drásticamente rebaixada com direito a eixo encurtado na dianteira. Os acessórios? Todos de época: começando pelas rodas Porsche Fuchs, retrovisores, defletor de capô e cesta porta objetos no túnel central. Se você achou o carro bonito parado, precisa ver andando. Um motor aspirado de 1900cc alimentado por uma par de Weber 40mm, montado pela oficina do Renato Barba (Votorantim/SP) empurrou o split com força pelas retas de Interlagos.

 

O segundo é a cara de Interlagos: o Fusca prata acima, é especialmente montado para trackdays. O visual é relativamente discreto: rodas Fuchs, piscas do Fusca mexicano e milhas Hella Comet com sua respectiva capa. A suspensão acertada, mas sem estar muito baixa deve ajudar a pegar um monte de trouxa por aí.

O motor turbo fortíssimo, tem montagem mais do que caprichada, bem clean, com a turbina "escondida" ao lado do câmbio. Os vidros laterais foram trocados por duas peças em acrílico recortado para abrigarem 2 scoops, que levam ar frio diretamente para a pressurização.



É por estes vidros que se revelam um interior depenado (para alívio no peso) e algumas partes da pressurização, dosador de combistível, válvula e etc...



O carrinho andando é um show a parte. Deve dar canseira em muito importado nos trackdays que participa.

 

E por falar em importado, este Fusca laranja chamou atenção justamente por usar o coração de um! 

Uma receita cada vez mais utilizada na preparação dos besouros é a adoção dos motores boxer 2.0 16v dos japoneses Subaru. No quesito largura, o motor cabe como uma luva no cofre dos VW, porém o propulsor é um pouco mais comprido, o que implica na realização de um trabalho de funilaria: é preciso inverter o "chiqueirinho" deixando o carro sem aquele porta malas interno (que cá entre nós, não serve lá pra muita coisa).



Visualmente o carro é um autêntico German Look, com rodas Porsche, sem cromados retrovisor mini e tudo o que tem direito. Mas o propulsor nipônico deve deixar alguns puristas loucos de raiva.



Depois de nos deliciarmos com os modelos expostos, chagava a hora da ação: o tradicional passeio na pista estava liberado.
Pedi uma carona para o nosso amigo Arthur Bergamin (dono do Brasilia azul que está na galeria de fotos). Pedido este que foi prontamente atendido.



Aproveitando a ampla área envidraçada do Brasilia, tiramos umas fotos do pessoal em ação.
No início, um comboio em clima de passeio. Mas conforme algumas raridades iam voltando para o box, o espaço foi aumentando na pista o que permitiu umas esticadas para os carros que ainda permaneciam no traçado.

Nessa hora o Arthur esticava as marchas do Brasilia até o limite, e tirar fotos se tornou uma tarefa impossível. O jeito foi aproveitar o passeio "com emoção". O valente 1600cc, mesmo que original, não decepcionou nas retas e fazia os pneus dobrarem no miolo.

Deu até vontade de comprar outro Fusca, para estar lá na pista ano que vem.
 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Churrasburguer 2016

October 3, 2016

1/4
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Procurar por tags