• autoplayerz

A Embaixatriz



Alemanha 1989. Era o ano em que caía o muro de Berlim; Era também o ano em que se disputava a sexta edição do Deutsche Tourenwagen-Meisterschaft - o Campeonato de Turismo Alemão, o DTM.

Os alemães estavam engasgados com um triunfo da Ford (com o Sierra) no ano anterior. "Como podem estes ingleses virem aqui estragar a nossa festa, em pleno solo germânico?"

Pois 89 foi o ano da desforra: Mercedes e BMW deram uma surra nos Ford.

A Equipe Schnitzer levou a melhor com seus BMW M3, e além de garantir o título daquele ano, ajudou a construir toda a mística que há por trás da insignia M3.

O M3 de rua tinha surgido 4 anos antes, como uma versão esportiva do Série 3 - um pequeno sedan executivo - em sua geração de carroceria conhecida dentro da fábrica como E30. Na minha opinião (e na de muitos), a E30 é a carroceria mais bonita já produzida pela BMW, capaz de - ainda hoje - arrancar muitos suspiros por aí.

Se hoje em dia uma E30 é capaz de causar impacto, imagina lá em 1989? Não foi à toa que naquele ano, 257.307 Séries 3 saíram das linhas de produção. Uma delas, especial...


Especial? Série especial? Motorização especial? Nada disso. Especial porque à exemplo do que os alemães fizeram com o muro, uma pequena BMW E30, rompeu barreiras: venceu a distância, a proibição à importação que vigorava naquela época e veio parar em Brasília, capital do Brasil.

Como?

Bem, as importações eram proibidas, mas haviam lá suas excessões, e em uma delas se enquadravam os embaixadores, que podiam trazer pra cá os carros de seus países de origem.

Foi em uma destas ocasiões, que o então embaixador da Alemanha no Brasil trouxe esta 316i - azul Atlantis - para a sua esposa rodar por aqui.

Teria sido um presente do embaixador? Um capricho / exigência da embaixatriz? Isso nunca saberemos... Convenhamos que naquela época, aqui no Brasil, as opções de um carro pequeno/médio com 4 portas, ar condicionado, direção hidráulica, vidros, travas elétricas e injeção eletrônica eram nulas.

A 316 chegou por aqui, completona e trazendo um curioso extra: um alarme Bosch de painel. O equipamento de época vem com um teclado numerado de 1 a 6 onde se digitam códigos para bloqueio do veículo.

E assim o carro serviu à senhora embaixatriz, por alguns poucos anos, sem apresentar nenhum problema. É claro que havia um mecânico que cuidava da 316i - basicamente para trocar óleo, filtros e pneus. Quando a vigência do cargo terminou - o que geralmente acontece em 4 anos - o embaixador e sua família voltaram para a Alemanha, deixando a pequena BMW para trás.

E o mecânico do embaixador foi quem arrematou a jóia, lá no início dos anos 90 e continuou cuidando dela até os dias atuais. Acontece que, por um motivo familiar - muito particular para dizer - o mecânico do embaixador precisou colocar o carro à venda.

Nessa ocasião, há mais ou menos 1 ano e meio atrás, o Renan recebeu uma mensagem de um amigo no facebook: “- Dá uma olhada neste anúncio.” Foi assim que o Renan, morador do estado de São Paulo, que estava à trabalho em Santa Catarina, ficou sabendo do carro que estava a venda em Brasília.

Diante da raridade e da oportunidade única, ele precisava fechar o negócio rapidamente, mas a distância impossibilitava uma visita presencial para avaliar o carro. A solução encontrada foi fazer um vídeo de uns 8 minutos mostrando cada detalhe do carro.

E assim, à distância, o negócio foi concretizado.

Quando o carro chegou era exatamente como o prometido: pintura original novinha com todos os selos de fábrica, interior imaculado e com tudo funcionando perfeitamente!

Os primeiros passos na personalização foram as molas esportivas, rodas modelo Borbet A em aro 17” e o spoiler dianteiro. Passado algum tempo, veio o abafador esportivo em aço inox e a troca das rodas por outras, réplicas das BBS RS em aro17”, que deixaram a BMW com um visual bem mais harmônico. Para adaptar e deixá-las bem próximas à carroceria, foram encomendados adaptadores aqui da Aütoplayerz. Ainda na parte externa, foram adicionados frisos autoadesivos na cor prata - acessórios originais de época - que junto com as novas rodas, deram um toque de classe à E30.

Para o interior, pedaleiras e short-shifter da AC Schnitzer, marca que apesar de comercial e economicamente independente, tem sim suas raízes na Schnitzer Motorsport, aquela mesma, que foi campeã do DTM em 89. Além de todos estes mimos, o Renan também se preocupa com a saúde da 316 e nos mostrou algumas peças originais de manutenção, que atualmente fica à cargo do Marcão da Garage E.


Já havia algum tempo que queríamos fazer um ensaio com este carro, mas o Renan nos dizia que faltavam dois detalhes: um lindíssimo volante Nardi, que chegou do exterior há apenas algumas semanas e foi montado para a sessão de fotos. A outra? Uma camiseta DTM Legend, que por coincidência também faz referência à 1989 - aquele glorioso ano para a BMW.

Com outra BMW (E36) para uso diário, Renan é um entusiasta que mantém sua paixão estampada no peito, marcada na pele e estacionada na garagem.

Que outro cara estaria tão bem qualificado para ser o dono de uma preciosidade destas?

#BMW #E30 #Bimmer #stance #BBS #Projetos

1 visualização
Inicio
0

© 2019 - autoplayerz - Todos os direitos reservados

  • Grey YouTube Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Flickr Icon
  • Grey Twitter Icon